15 de set de 2012

No mais tardar, ele chega

Ela estava sentada em um banco, perto das árvores. O sol estava perto de se pôr mas ela não ligava, podia ficar lá o tempo que tivesse, desde que pudesse falar com ele. Enquanto ouvia música em seus fones de ouvido - não que quisesse, botara no aleatório, somente para fingir que prestava atenção nas músicas -, observava as folhas se movimentando no chão àquele vento gelado da tarde. Porém ele não vinha. Talvez estivesse lá por nada, talvez fosse mais uma boba desiludida, e não podia o culpar, estava lá por si mesma, ele não sabia o que ela sentia ou queria.

Estava sendo tola, não agia, não tinha a coragem de ir lá e puxar assunto, sempre tinha que esperar por ele. Enquanto ela o observava de longe com seus amigos, fingia que não estava nem aí para ele, que ele era mais um desses garotos do colégio.

- Oi, Lisa. - disse alguém, era a voz dele.

Ah não, pensou Lisa, não pode ser ele, finalmente ele puxou assunto comigo sem ser nas Redes Sociais. Ela mal conseguia se virar, não sabia o que falar, "mostre-se indiferente, mas gentil".

- Ah, oi Dan, é você. - disse ela, de um jeito despreocupado, como se mal notasse a sua presença.

- Você não gosta muito de conversar, não é? - perguntou ele, encostando-se na parede, porém ainda em pé.

- Depende da pessoa, quer dizer... não tenho muitos amigos aqui, porque quase ninguém se identifica comigo. Por isso estou sem companhia.

- Bom, agora tem uma.

Ele se sentou junto a ela. Ela sentiu um calafrio dentro de si, sua voz a fazia sentir um nervosismo, porém um nervosismo bom, daqueles que fazem você criar expectativas.

- O que está ouvindo? - perguntou ele.

Lisa precisou checar a tela do seu reprodutor musical para se lembrar o que estava ouvindo, não fazia ideia de qual era a música.

- Hã... Coldplay - respondeu ela.

- Legal. - respondeu Dan.

Então tudo silenciou. Nenhum dos dois sabia o que falar, o assunto fugiu.

- Qual o seu signo? - perguntou ela.

Droga, Lisa, pensou ela, você podia ter feito melhor! Falar sobre horóscopo não era uma boa maneira de puxar assunto.

- Leão - disse ele - E o seu?

- Também. 

O sinal havia tocado, isso quebrara o clima tenso, fazendo Dan levantar-se. Era isso, Lisa tinha perdido, novamente, talvez mostrar indiferença não era uma boa ideia.

- Hã... Lisa - disse ele, antes de caminhar - Eu vou no cinema amanhã com o pessoal, quer ir?

Lisa estava errada. Havia agido certo, talvez até por simplesmente ter sido ela mesma, isso tenha despertado uma certa admiração em Dan, ela não era como as outras garotas.

- O pessoal quer que eu vá? - perguntou ela.

- Não sei - respondeu ele - Eu ainda não falei com eles, mas eu não me importo. Eles são legais. E além do mais, eu estou te convidando, quer ir?

Lisa não sabia o que dizer, por isso não disse nenhuma palavra, mas sorriu e assentiu com a cabeça. Adoraria ir. Então ele continuou caminhando, e ela, sorrindo.

Mas isso não passou de imaginação. "Como se ele realmente fosse me convidar para ir ao cinema...", pensou ela. Era o que ela mais queria, uma atitude dele, um sinal de que ele a via da forma como ela o via, mas se dependesse de sua coragem, ela ficaria a vida toda esperando. Convites assim não caem do céu, desejos nem sempre se realizam. Às vezes, para termos as coisas que mais queremos precisamos de um pequeno ajuste no nosso eu, um pequeno choque de realidade. 

Os finais das tardes nem sempre são como queremos, Lisa ficou lá até o anoitecer, depois foi embora. Não conseguiu chamar a atenção dele, só conseguiu atrair mais e mais devaneios para si. Mas ela aprenderia, ah, aprenderia, num futuro não muito distante ela conseguiria chamar a atenção das pessoas certas...

19 comentários:

Elcimar Reis (AndyReis) disse...

U.U Que chiquee,... ela então, não conversou com ele? Foi só imaginação! ADOREI, parecia tudo bem real para mim até aquela frase! kkkkk. Amei mesmo!
Bom, queri ate perguntar como faço para ter a font das minhas postagens do mesmo jeito do daqui?

Acesso Permitido.
Projeto Discipulando.
Entre pelo perfil~

Carol disse...

Amei o blog flor!
Lindo mesmo!
Esse post então, muito lindo!!
entra no meu blog, se der ok?
bjs

Carol disse...

Desculpa, não comentei com Nome/URL,
agora sim!

Carolina disse...

Flor desculpa de novo ta bom?
Ai meu deus! É que eu não sabia o que era URL!
Agora vou comentar com URL.
Amei o post muito legal mesmo!
A Imaginação é tão grande né?
beijos!

Patriny Marcelle disse...

Nossa que boa história. Muito bem feita. Menina tem muito essas coisas né? Ficar imaginando fatos, rsrsrs.
Beijooos

Maybe Yellow disse...

Sério que tudo foi só na imaginção da Lisa? Muito eu esse negocio de ficar imaginando historias, romances, viagens e blá blá blá


Con amore, Donna Yellow ♥

maybe yellow store

Stella Valim disse...

Pensei que não era imaginação da Lisa ): omg. Eu sou igualzinha ela, por isso me ferro çlekeçlkeçlk
http://www.senhoritaliberdade.com/

" Magiasbook " disse...

Pensei que fosse real e foi apenas imaginação,é tão bom ser jovem e passar por devaneios imaginários.
Adorei o seu post,muito legal.
Alexandra
http://magiasbook.blogspot.com.br/2012/09/dicas-de-meninas.html

Mia Sodré disse...

E eu que estava ficando feliz pela Lisa... que pena! Mas quem não tem desses devaneios, não é? Eu mesma tenho vários. É divertido. hahaha
Também preciso aprender a chamar atenção das pessoas certas. Mas acho que já tenho aprendido bem, de certa forma.

Beijo!

Jeniffer Yara disse...

Poxinha, que pena que a Lisa não conseguiu chamar a atenção dele, me identifiquei tanto com a situação :/ rs Mas enfim, acho que precisamos arriscar um pouco algumas vezes não? Mudar algumas coisas, mas é fácil só falar. Hm.

Beijos!
Meu outro lado

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Maitê Amorim disse...

Que pena... gostaria que a situação da Lisa tivesse sido real, me identifiquei com ela, tipo eu imaginando o garoto mais lindo da escola me chamando pra tomar um sorvete, abafa tá ? rs ( Ah! Isto é, se hoje em dia os jovens ainda fazem este tipo de programa :p)
Beijinhos,
Maitê Amorim
blog-nemteconto.blogspot.com

Thalita Maia disse...

Amei... bem interessante a história'

Beijos ;*

Meia Noite e Quinze disse...

Hey! Eu pensei que o garoto tinha realmente falado com Lisa. Bom, essas histórias se repetem e repetem sempre né? Não tem como evitar, essa é a verdade. Mas no final, nós sempre acabamos ficando com quem nos merece de verdade! Não perde o sorteio de um colar lindo lá no blog, hein? Estou contando com sua ajuda.

Beijos,
Fernanda Zucolotto.
http://migre.me/aP6Bl

Michelly Melo disse...

Oi!
Que texto lindo. Para dizer a verdade eu me identifiquei com ele, rs. Ter coragem não é muito fácil. Principalmente quando você se importa muito com alguém e tem medo do que a pessoa possa pensar. Mas uma hora é preciso respirar fundo e ir em frente. Sem medo. Se não vamos ficar a vida inteira no mesmo lugar esperando por uma atitude de qualquer outra pessoa e nunca pela sua.

Beijos,
Mih.

Nessa Rocha Make Up disse...

ooi, Gostaria de te convidar a dar uma passadinha no meu blog, e se puder se inscreva e me ajude a divulgar .. pqe nós blogueiras sabemos o quanto é difícil no começo né !Desejo muito sucesso pra você, beeijos http://neessarochamakeup.blogspot.com.br/

Raah Dias disse...

Oi Manu! Que lindo seu texto. Aliás, você escreve muito bem, parabéns. Me identifiquei muito com a Lisa e acho que quase toda garota é como ela, fica imaginando momentos. Eu que diga, sou muito roteirista, então já viu né!?

Beijos!

Marcos de Sousa disse...

O texto ficou ótimo.

Se não ficássemos só na vontade, só no desejo e tomássemos atitudes, talvez conseguíssemos realizar mais sonhos.

Beijo

Carol Oliveira disse...

Qual o seu signo????? Realmente, a Lisa poderia ter fito melhor que isso HAUHEUA -q
Adorei o texto. Como disse o Marcos: as vezes, se não corremos atrás do que queremos, não conseguimos realizar nossos sonhos. As vezes tomar uma atitude faz toda diferença.
Em todo caso, eu também sou meio como a Lisa, porque só fico nos devaneios HUAHEUHAEUEHAUAHE Não sei se estou certa ou não, se estou perdendo tempo ou não... Whatever.

Saudades de você, Manu. Eu não postava no Muggle World há tipo, 2 meses, shoot me HAUHEUAHUEHUAHUH Foi o que você disse no seu post ali embaixo, a inspiração anda longe. E prefiro ficar sem postar do que fazer um post podre.

Beijo,
muggle-world.blogspot.com

Postar um comentário

Só comente quando saber pelo menos 10% do post e escolha a opção "Nome/URL". Ah e não aceito selos/tags e nem parceria. Obrigada pela visita.